Trabalhadores do porto de Porto Alegre: costumes e experiências.

Jairo Luiz Fleck Falcão

Resumo


Neste texto, analisamos os elementos constitutivos da experiência dos trabalhadores do porto, focando a relação entre trabalho, memória e corpo. A memória do trabalhador está relacionada ao corpo, por ser sua principal ferramenta de trabalho, mas este nunca trabalha sozinho, precisa tanto do prolongamento e da ajuda de outros corpos em movimento, como também de máquinas e ferramentas que o auxiliem em sua jornada. A documentação que possibilitou o acesso à memória desse grupo de trabalhadores do porto foi produzida por meio da metodologia da História Oral, fruto da linguagem e da interação entre entrevistado e entrevistador.

Palavras-chave


Experiência. Trabalhadores do porto. Porto Alegre

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Revista Brasileira de História & Ciências Sociais - RBHCS

Qualis Capes B1 - A Nacional

ISSN 2175-3423

 

 

A Revista Brasileira de História & Ciências Sociais utiliza  Licença Creative Commons Attribution 4.0

Creative Commons License

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia