Insignificância penal e significância social.

José Ricardo Fernandes

Resumo


O presente artigo pretendeu trazer à tona uma necessária discussão a respeito da insignificância penal e da insignificância social. Traçando-se um breve cotejo entre o princípio penal e os questionamentos sociológicos – amparando-se, para tanto, especialmente dos ensinamentos de Émile Drukheim em que trata do normal e do patológico, bem como da anomia –, buscou-se compreender as motivações de cada seara, bem como se apontar para a possibilidade de colaboração entre elas.

Palavras-chave


Insignificância. Normal. Patológico. Penal. Princípio. Significância. Social.

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Revista Brasileira de História & Ciências Sociais - RBHCS

Qualis Capes B1 - A Nacional

ISSN 2175-3423

 

 

A Revista Brasileira de História & Ciências Sociais utiliza  Licença Creative Commons Attribution 4.0

Creative Commons License

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia