Juventude como valor: referencial e método para uma definição a partir do cotidiano.

Romero Galvão Maia

Resumo


Este artigo apresenta uma possível solução para um dos problemas dos estudos sobre juventude nas Ciências Sociais: definir a juventude antes da pesquisa de campo. Mostra como é possível chegar a uma definição objetiva sem reduzi-la a faixas etárias. O referencial na literatura é a Teoria das Representações Sociais, e o método é orientado para a busca de informações reveladas espontaneamente no cotidiano.

Palavras-chave


juventude, representações sociais, cotidiano, objetividade.

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Revista Brasileira de História & Ciências Sociais - RBHCS

Qualis Capes B1 - A Nacional

ISSN 2175-3423

Desde 07 de março de 2009 

 

A Revista Brasileira de História & Ciências Sociais utiliza  Licença Creative Commons Attribution 4.0

Creative Commons License

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia