O lugar da natureza: a desconstrução da modernidade em Robinson Crusoé

Alfredo Ricardo Silva Lopes, Rauer Ribeiro Rodrigues

Resumo


O romance de Daniel Defoe, Robinson Crusoé, é considerado um marco cronológico e conceitual na definição da modernidade. A obra, publicada em 1719, concentra diversas características da Era Moderna (1453-1789), tais como: a crença no progresso; o domínio da natureza pelo homem; a aceitação social do lucro; a crença na superioridade europeia. Para a crítica literária, a obra de Defoe tem lugar de destaque, e o autor é tido como fundador de uma tradição que instaura na sociedade moderna, com a ascensão do individualismo, o lugar do romance como definidor de sentidos da vida em um mundo onde os determinismos deram espaço ao livre arbítrio. A nosso ver, contudo, seguindo os passos de Bruno Latour em Jamais fomos modernos (1991), a constituição da modernidade precisa ser revisitada em face à atual crise ambiental.

Palavras-chave


Idade Moderna; História; Literatura; Robinson Crusoé; Crise Ambiental.

Texto completo:

PDF

Referências


AUERBACH, Erich. Mimesis: a representação da realidade na literatura ocidental. São. Paulo: Perspectiva, 2002.

BECK, Ulrich. Sociedade de risco: rumo a uma outra modernidade. São Paulo: 34, 2010.

CRONON, Willian. Un lugar para relatos: naturaleza, historia y narrativa. In: PALACIO, G; ULLOA, A. Repensando la naturaleza: Encuentros y desencuentros disciplinarios en torno a lo ambiental. Bogotá, Colombia: Universidad Nacional de Colombia-Sede Leticia; Instituto Amazónico de Investigaciones Imani; Instituto Colombiano de Antropología e Historia; Colciencias, 2002, p. 29-65.

CRUTZEN, Paul .J.; STEFFEN, Will. How long have we been in the Anthropocene era? Climatic Change, n. 61, p. 251–257, 2003.

DA COSTA, Jodival Mauricio; RICHETTI, Patricia. O natural e o social na crise ambiental: Reflexões sobre a relação sociedade-natureza. Ecol. austral, Córdoba , v. 21, n. 3, p. 363-368, dic. 2011 .

DEFOE, Daniel. Robinson Crusoé. São Paulo: Cia das Letras, 2001. E-book.

HARTOG, François. Regimes de historicidade: presentismo e experiência do tempo. Belo Horizonte: Autentica, 2015.

HOBSBAWM, Eric. J. A Era das Revoluções: Europa 1789-1848. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2014.

KOSELLECK, Reinhardt. Futuro passado: contribuição à semântica dos tempos históricos. Rio de Janeiro: Contraponto: PUC-Rio, 2006.

LATOUR, Bruno. Jamais fomos modernos: ensaio de antropologia simétrica. Rio de Janeiro: Ed. 34, 2013.

LE GOFF, Jacques. História e Memória. Campinas, SP: EdUNICAMP, 1990.

LESSA, Sergio; TONET, Ivo. Introdução a Filosofia de Marx. São Paulo: Expressão Popular, 2011.

LOCKE, John. O Segundo Tratado sobre o Governo Civil. Rio de Janeiro: Ed. Vozes, 2002.

LUKÁCS, Georg. A Teoria do Romance: um ensaio histórico-filosófico sobre as formas da grande épica. São Paulo: Duas Cidades; Ed. 34, 2000.

MARX, Karl; ENGELS, Friedrich. A Ideologia Alemã. São Paulo: Martins Fontes, 1998.

PRATT, Mary Louise. Os Olhos do Império. Relatos de viagem e transculturação. Bauru, EDUSC, 1999.

REIS, José Carlos. Teoria & História: tempo histórico, história do pensamento histórico ocidental e pensamento brasileiro. Rio de Janeiro: Ed. FGV, 2006.

SAID, Edward. Cultura e Imperialismo. São Paulo: Cia das Letras, 2011.

WATT, Ian. A ascensão do romance: estudos sobre Defoe, Richardson e Fielding. São Paulo: Companhia das letras, 2010.

WEBER, Max. A ética protestanteco "espirito" do capitalismo. São Paulo: Companhia das Letras, 2004.

WILLIANS, Raymond. Marxismo e Literatura. Rio de Janeiro: Zahar, 1979.


Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Revista Brasileira de História & Ciências Sociais - RBHCS

Qualis Capes B1 - A Nacional

ISSN 2175-3423

Desde 07 de março de 2009 

 

A Revista Brasileira de História & Ciências Sociais utiliza  Licença Creative Commons Attribution 4.0

Creative Commons License

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia