Memória Institucional e História Pública: o acervo do Centro de História e Memória da Universidade do Vale do Paraíba em São José dos Campos (Cehvap)

Maria Helena Alves da Silva, Maria Aparecida Chaves Ribeiro Papali, Valéria Zanetti

Resumo


Atualmente tem se falado bastante da importância da história pública. Esse campo reconhece que a narrativa histórica deve ter uma maior abrangência, além das escritas e dos espaços destinados aos historiadores profissionais. O termo, utilizado nos EUA a partir de 1970, refere-se à atuação e métodos de historiadores afim de fazer uma história para o público em geral, uma história popular do passado. Este artigo tem como objetivo evidenciar a importância da história pública por meio da contextualização das diferentes experiências, capazes de abrigar múltiplas relações identitárias com as diferentes instituições, que acabam, por sua vez, se constituindo em formadoras de identidades. Para tanto, busca-se, a partir das narrativas históricas sobre uma das mais antigas universidades comunitárias do Vale do Paraíba Paulista, a UNIVAP, evidenciar a força dessa instituição na representação das identidades locais. Para tanto, foram utilizadas como fontes, as memórias recolhidas pelo Centro de História e Memória Instituicional da mesma instituição (CEHVAP).

Palavras-chave


História Institucional. História Pública. Memória.

Texto completo:

PDF

Referências


ALMEIDA, Juniele Rabêlo de; ROVAI, Marta Gouveia de Oliveira. História Pública: entre as “políticas públicas” e os “públicos da história”. XXVII Simpósio Nacional de História. ANPUH, Natal/RN, 2013.

AQUINO, Luiz Carlos Andrade de. O agir comunitário na UNIVAP: limites e possibilidades. Tese apresentada à Banca Examinadora do Programa de Pós-Graduação em Educação da UNIMEP como exigência parcial para obtenção do título de Doutor em Educação. Faculdade de Ciências Humanas Programa de Pós-Graduação em Educação. Universidade Metodista de Piracicaba. Piracicaba, SP, 2017.

CERTEAU, Michel de. A invenção do cotidiano: 1. artes de fazer. 9. ed. Trad. Ephraim Ferreira Alves. Petrópolis: Vozes, 1994.

COSTA, Icléia Thiessem Magalhaes. Memória institucional: a construção conceitual numa abordagem teórico-metodológica. Tese apresentada ao Curso de Doutorado em Ciencia da Informação. Rio de Janiero: UFRJ, 1997. http://ridi.ibict.br/bitstream/123456789/686/1/icleiacosta1997.pdf. Acesso em 16 de fevereiro de 2018.

HALBWACHS, Maurice. A memória coletiva. São Paulo: Vértice, 1994.

KELLEY, Robert. Public history: Its origins, nature, and prospects. The public historian, p. 16-28, 1978.

KESSEL, Zilda. Memória e Memória Coletiva. Disponivel em: www.memoriaeducacao.hpg.ig.com.br. Acesso em 18/10/2018.

MALERBA, Jurandir. Os historiadores e seus públicos: desafios ao conhecimento histórico na era digital. Revista Brasileira de História. São Paulo, v. 37, nº 74, 2017.

MAUAD, Ana M.; ALMEIDA, Juniele R. de; SANTHIAGO, Ricardo (Org.). História Pública no Brasil: Sentidos e Itinerários. São Paulo: Letra e Voz, 2016.

MEIHY, José Carlos Sebe Bom. Definindo História oral e Memória. Cadernos CERU, n. 5, Série 2. São Paulo. Encontro Nacional de História Oral, 1994.

MOTTA, Marly Silva da. Histórias de vida e história institucional: a produção de uma fonte histórica. Rio de Janeiro: CPDOC, 1995. Acesso em 17 de janeiro de 2018. Disponível em: http://bibliotecadigital.fgv.br/dspace/bitstream/handle/10438/6735/1037.pdf?sequence=

NORA, P. Entre memória e história: a problemática dos lugares. Projeto História. n° 10. São Paulo, PUC/SP, dez 1993, p. 8-9.

PAPALI, Maria Aparecida Chaves Ribeiro et al. Memória, espaço e ressignificação: o Sanatório Vila Samaritana em São José dos Campos, SP. Cronos: R. Pós-Grad. Ci. Soc. UFRN, Natal, v. 15, n.2, p.172 - 184 jul./dez. 2014.

PORTELLI, Alessandro. “O Momento da Minha Vida”: funções do tempo na História Oral In: FENELON, Déa et al (orgs.) Muitas Memórias, Outras Histórias. São Paulo: Editora Olho d’Água, 2004.

SANTHIAGO, Ricardo. Da fonte oral à história oral: debates sobre legitimidade. SAECULUM, Revista de História. Vol. 18. João Pessoa, Jan/jun, 2008. Disponível em: http://www.periodicos.ufpb.br/ojs2/index.php/srh/article/view/11395/6509. Acesso em 31/10/2018.

SILVA, Dalva Maria de Oliveira. Algumas Experiências no Diálogo com Memórias. In: FENELON, Déa et al (orgs.). Muitas Memórias, Outras Histórias. São Paulo: Editora Olho d’Água, 2004.

SILVA, Douglas de Almeida et al. Memórias da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo de São José dos Campos (1970-1976). Trabalho apresentado no XV INIC/UNIVAP, São José dos Campos, 2011. Acesso em 18 de janeiro de 2018. Disponível em: https://www.univap.br/arquivo/Mem%C3%B3rias%20da%20Faculdade%20de%20Arquitetura%20e%20Urbanismo.pdf?AID=851

SILVA, Maria Helena Alves da, et al. A importância da memória institucional e o CEHVAP (Centro de História e Memória da UNIVAP). Cadernos do CEOM - Cultura e Sociedade. Vol 30, n. 46, Jun/2017.

SILVA, Maria Helena Alves da; PAPALI, Maria Aparecida; GUIMARÃES, Antonio Carlos. A Universidade do Vale do Paraíba como patrimônio da cidade de São José dos Campos. Trabalho apresentado no XX INIC/ UNIVAP, São José dos Campos, 2017a. Acesso em 18 de Janeiro de 2018;. Disponível em: https://www.univap.br/arquivo/A%20Univap%20como%20patrim%C3%B4nio%20da%20cidade.PDF?AID=1122

SILVA, Maria Helena Alves da, et al. A Ditadura e os movimentos estudantis na Fundação Valeparaibana de Ensino (1964 - 1985). XIX Encontro Latino Americano de Iniciação Científica, XV Encontro Latino Americano de Pós-Graduação e V Encontro de Iniciação à Docência. São José dos Campos: Universidade do Vale do Paraíba, 2016. Acesso em 18 de Janeiro de 2018;. Disponível em: https://www.univap.br/arquivo/A%20Ditadura%20e%20os%20Movimentos%20Estudantis.pdf?AID=853

SILVA, Maria Helena Alves, et al. Um aspecto de grandiosidade: a formatura da primeira turma da Faculdade de Direito de São José dos Campos (1959). Revista Ars Historica., nº14, Jan/Jun 2017b, p. 178-191.

SILVA, Maria Helena Alves, et al. A construção de um lugar e sua importância no espaço urbano - um breve estudo sobre o crescimento de São José dos Campos na década de 1950 e a criação da Faculdade de Direito. Recôncavo: Revista de História da UNIABEU, Volume 7, Número 12, Janeiro-Julho de 2017c.

SILVA, Maria Helena Alves, et al. Conflito, identidade e dois sistemas de classificações: a instalação do ITA/CTA em São José dos Campos. PRACS: Revista Eletrônica de Humanidades do Curso de Ciências Sociais da UNIFAP. Macapá, v. 10, n. 1, p. 123-131, jan./jun. 2017d.

TOURTIER-BONAZZI, Chantal de. Arquivos: propostas metodológicas. In: AMADO, Janaína; MORAES, Marieta de (Orgs). Usos & abusos da história oral. Rio de Janeiro: Editora FGV, 2006. Publicação digital, sem número de página.

ZANETTI, Valéria et al. Memórias de docentes: trajetórias acadêmicas na Universidade do Vale do Paraíba (Univap). In: PAULA, Maria Tereza Dejuste de; ROQUE, Zuleika Stefânia (Orgs.). Escola e Educação em São José dos Campos: Espaço e cultura escolar. São José dos Campos: Univap, 2012.

Depoimentos:

ENTREVISTADA 1. Univap Marketing: Marque sua História. São José dos Campos: UNIVAP: CEHVAP, 2017.

ENTREVISTADO 2. TV Univap. São José dos Campos: UNIVAP: CEHVAP, 1994.

ENTREVISTADO 3. São José dos Campos: UNIVAP: CEHVAP, 2014.


Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Revista Brasileira de História & Ciências Sociais - RBHCS

Qualis Capes B1 - A Nacional

ISSN 2175-3423

Desde 07 de março de 2009 

Programa de Pós-Graduação em História

Universidade Federal do Rio Grande - FURG

 

A Revista Brasileira de História & Ciências Sociais utiliza  Licença Creative Commons Attribution 4.0

Creative Commons License

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia