A circulação de crianças: a assistência aos recém-nascidos enjeitados na freguesia da Cidade do Natal (século XVIII e XIX)

Thiago Torres de Paula

Resumo


O objetivo deste trabalho é examinar a composição de redes humanas de assistências às crianças recém-nascidas enjeitadas na freguesia da Cidade do Natal, localizada na Capitania do Rio Grande do Norte nos séculos XVIII e XIX. As principais fontes investigadas e analisadas na pesquisa foram: os assentos de batismo e óbito da freguesia; os Termos de vereação dos Senados da Câmara; o Primeiro livro de tombo da igreja matriz de Nossa Senhora da Apresentação, todo custodiado em arquivo em Natal. Quanto aos procedimentos adotados, pode-se destacar: a quantificação sistemática de informações presentes na documentação serial; a transcrição do conjunto amplo das fontes, e o cruzamento de nomes. O material empírico foi lido à luz de referenciais da história social e operado com os conceitos de figuração e circulação de crianças, resultando assim na identificação de um baixo índice de enjeitamento e de uma sociedade que se articulava em torno da assistência aos pequenos abandonados.

Palavras-chave


Freguesia. Recém-nascido. Enjeitado

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Revista Brasileira de História & Ciências Sociais - RBHCS

Qualis Capes B1 - A Nacional

ISSN 2175-3423

Desde 07 de março de 2009 

 

A Revista Brasileira de História & Ciências Sociais utiliza  Licença Creative Commons Attribution 4.0

Creative Commons License

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia