Émile Durkheim e a educação moral: a formação do cidadão republicano.

Sidnei Ferreira de Vares

Resumo


O propósito deste artigo é analisar as posições assumidas por Émile Durkheim em relação à educação e à moral no contexto da Terceira República Francesa. Objetiva-se, pois, mapear o desenvolvimento de seu pensamento sociológico face às diversas fontes teóricas com as quais dialogou, bem como salientar as correções de rota por ele empreendidas com vistas a consolidar os valores mais apropriados à formação do cidadão republicano. Para tanto, o método empregado é eminentemente bibliográfico e qualitativo, e debruça-se sobre os principais trabalhos do autor, em especial sobre A Educação Moral, obra na qual o autor expõe suas concepções morais e pedagógicas

Texto completo:

PDF

Referências


ARON, Raymond. As Etapas do Pensamento Sociológico. 6. ed. Traduzido por Sérgio Bath. São Paulo: Martins Fontes, 2003.

COLLINS, Randall. Quatro tradições sociológicas. Traduzido por Raquel Weiss. Rio de Janeiro: Vozes, 2009.

DURKHEIM, Émile. DURKHEIM, Émile. “Representações Individuais e Representações Coletivas”. In: Sociologia e Filosofia. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 1970.

__________. “O individualismo e os intelectuais”. In: A Ciência Social e a Ação. Traduzido por Inês Duarte Ferreira. São Paulo: Difel, 1975. p. 235-250.

__________. Educação e sociologia. 7. ed. Traduzido por Lourenço Filho. São Paulo: Melhoramentos, 1978.

__________. Sociologia, Educação e Moral. Porto: Portugal: Rés, 1984.

__________. As Formas Elementares da Vida Religiosa. 2. ed. Traduzido por Joaquim Pereira Neto. São Paulo: Paulus. 1989.

__________. A Evolução Pedagógica. Traduzido por Bruno Charles Magne. Porto Alegre:

Artmed, 1995.

__________. Lições de Sociologia. Traduzido por Mônica Stahel. São Paulo: Martins Fontes,

__________. Pragmatismo e Sociologia. Editora da UFSC/Editora da Unisul: Florianópolis/Tubarão, 2004.

__________. O Suicídio. Traduzido por Alex Marins. São Paulo: Martin Claret, 2005.

__________. As Regras do Método Sociológico. São Paulo: Martins Fontes, 2007.

__________. A Educação Moral. Traduzido por Raquel Weiss. Rio de Janeiro: Vozes, 2008.

__________. Da Divisão do Trabalho Social. São Paulo: Martins Fontes, 2010.

DUVIGNAUD, Jean. Durkheim. Traduzido por Joaquim João Braga. Lisboa: Edições 70,

FAUCONNET, Paul. “A Obra Pedagógica de Durkheim” In: DURKHEIM, Émile. Educação e Sociologia. 8. ed. Traduzido por Lourenço Filho. São Paulo: Melhoramentos, 1978. p. 9-31.

FERNANDES, Florestan. Fundamentos empíricos da explicação sociológica. 4. ed. São Paulo: T. A. Queiroz, 1980.

FERNANDES, Heloísa Rodrigues. Sintoma social dominante e moralização infantil: um estudo sobre a educação moral em Émile Durkheim. São Paulo: Edusp/Esculta, 1994.

FOURNIER, Marcel. Émile Durkheim. Paris: Fayard, 2007.

GENEYRO, Juan Carlos. La Democracia Inquieta: E. Durkheim y J. Dewey. Madri: Anthropos, 1991.

GIDDENS, Anthony. Durkheim. London: Fontana Press, 1986.

__________. Política, sociologia e teoria social: encontros com o pensamento social clássico e contemporâneo. Traduzido por Cibele Saliba Rizek. São Paulo: Unesp, 1998.

__________. Capitalismo e Moderna Teoria Social. 6. ed. Traduzido por Maria do Carmo Cury. Lisboa: Portugal: Presença, 2005.

GIROLA, Lidia. Anomia e individualism: Del diagnóstico de la modernidad de Durkheim al pensamiento contemporáneo. Barcelona: Anthropos, 2005.

HAWTHORN, Geoffrey. Iluminismo e Desespero: uma história da sociologia. Traduzido por Célia Maria Euvaldo. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1982.

LUKES, Steven. Durkheim su vida y su obra: estudio histórico-crítico. Madrid: Siglo XXI de Espana, 1984.

MOSCOVICI, Serge. A Invenção da Sociedade: sociologia e psicologia. Traduzido por Maria Ferreira. Rio de Janeiro: Vozes, 2011.

NISBET, Robert. La Formacion del Pensamiento Sociológico. v. 1e 2. Buenos Aires: Amorrortu, 2003.

ORTIZ, Renato. Durkheim: arquiteto e herói fundador. In: Ciências Sociais e Trabalho Intelectual. São Paulo: Olho dágua, 2002. p. 89 – 122.

PARSONS. Talcott. A Estrutura da Ação Social. Traduzido por Vera Joscelyne. v. 1. Petrópolis/Rio de Janeiro: Vozes, 2010.

PICKERING, William S. F. Durkheim and representation. London/New York: Routledge, 2000.

RODRIGUES, José Albertino. Durkheim. São Paulo: Ática, 1978.

SILVA, Augusto Santos. Entre a razão e o sentimento: Durkheim, Weber e a teoria das ciências sociais. 3. ed. Porto: Afrontamento, 2001.

STEINER, Philippe. A Sociologia de Durkheim. Rio de Janeiro: Vozes, 2016.

WEISS, Raquel. A Concepção de educação de Durkheim como chave para a passagem entre o positivo e o normativo. In: MASSELA, Alexandre (Org.). Durkheim: 150 anos. Belo Horizonte: Argvmentvm, 2009. p. 169-189.

ZEITLIN, Irving. Ideología y teoria sociológica. Buenos Aires: Amorrortu, 1973.


Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Revista Brasileira de História & Ciências Sociais - RBHCS

Qualis Capes B1 - A Nacional

ISSN 2175-3423

Desde 07 de março de 2009 

 

A Revista Brasileira de História & Ciências Sociais utiliza  Licença Creative Commons Attribution 4.0

Creative Commons License

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia