Maçonaria e maçons: entre a fala assistencialista e a prática da assistência social como política pública

Claudia Neves da Silva, Fernando Monteiro

Resumo


O artigo tem por objetivo demonstrar a contradição existente entre a fala e a prática de ações sociais de maçons mantenedores de entidades de assistência social. A amostra é composta por duas Lojas Maçônicas do município de Dracena/SP. O levantamento de dados empíricos se deu através de entrevistas com os maçons envolvidos com as ações sociais das duas Lojas Maçônicas que constituem a amostra. O eixo teórico assenta-se na interlocução com autores que discutem a Maçonaria e a assistência social como política pública. Espera-se ao final entender as ações da Maçonaria na área social e contribuir para a reflexão e o debate entre aqueles que se dedicam à implementação e efetivação da política de assistência social e à prática de ações sociais.


Palavras-chave


Maçonaria. Maçons. Assistência social

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Revista Brasileira de História & Ciências Sociais - RBHCS

Qualis Capes B1 - A Nacional

ISSN 2175-3423

Universidade Federal do Rio Grande - FURG


A Revista Brasileira de História & Ciências Sociais utiliza  Licença Creative Commons Attribution 4.0

Creative Commons License

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia