Os homens, as ideias, os escritos e os projetos políticos no Norte da América portuguesa oitocentista.

Flavio José Gomes Cabral

Resumo


O artigo se propõe a apresentar uma reflexão sobre a circulação de ideias políticas que eram pensadas e discutidas por uma elite que desejava o rompimento do Norte do Brasil com a Coroa e implantar uma república inspirada na Revolução Americana. Em 1817 os instintos rebeldes foram severamente reprimidos com prisões e perdas de vidas. Entretanto, tais ideais vieram à tona em 1820 quando o constitucionalismo advindo da Revolução do Porto pôs em xeque os valores da monarquia absoluta reacendendo o debate em torno da autonomia das províncias. Estes pensamentos iriam conflitar com as ideias que estavam sendo tecidas no Rio de Janeiro que procuravam centralizar o poder nas mãos do príncipe regente Pedro, futuro imperador do Brasil, e contou em Pernambuco com o apoio de um grupo que se opunha à junta presidida por Gervásio Pires.

Palavras-chave


Revolução de 1817, Ilustração, República, Federalismo

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.14295/rbhcs.v7i14.317

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Revista Brasileira de História & Ciências Sociais - RBHCS

Qualis Capes B1 - A Nacional

ISSN 2175-3423

Desde 07 de março de 2009 

Programa de Pós-Graduação em História

Universidade Federal do Rio Grande - FURG

 

A Revista Brasileira de História & Ciências Sociais utiliza  Licença Creative Commons Attribution 4.0

Creative Commons License

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia