A normalidade: uma breve introdução à história social da deficiência

Tiago Henrique França

Resumo


Das representações religiosas da Antiguidade à objetificação científica contemporânea, a vida das pessoas com deficiência difere das demais. O artigo expõe brevemente o paralelo entre os processos históricos e o papel e representações sociais das pessoas com deficiência, incluindo apontamentos específicos da realidade brasileira. O tratamento social dado às pessoas com deficiência acaba por evidenciar a construção da normalidade em momentos nos quais o extermínio, a caridade, a institucionalização e inclusão se conjugam ou sobrepõem na determinação do destino dessas vidas.

Palavras-chave


Deficiência. Representação social. Ideologia da Normalização.

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Revista Brasileira de História & Ciências Sociais - RBHCS

Qualis Capes B1 - A Nacional

ISSN 2175-3423

Universidade Federal do Rio Grande - FURG


A Revista Brasileira de História & Ciências Sociais utiliza  Licença Creative Commons Attribution 4.0

Creative Commons License

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia