O DASP e o combate à ineficiência nos serviços públicos: a atuação de uma elite técnica na formação do funcionalismo público no Estado Novo (1937-1945).

Fernanda Lima Rabelo

Resumo


O Departamento Administrativo do Serviço Público (DASP) foi um órgão criado
em 1938 pelo governo de Getúlio Vargas (1930-1945), com o objetivo de diminuir a
ineficiência do funcionalismo público federal e reorganizar a administração pública. No
Departamento, surgiu uma elite técnica responsável pela reestruturação de todo o
funcionalismo público federal, e que tentou promover mudanças no trabalho, principalmente
na forma de ingresso, carreira e organização das repartições públicas, centralizando
decisões. Vistos como “agentes de Vargas” na centralização burocrática promovida, os
técnicos administrativos do DASP eram criticados pelo funcionalismo e, ao mesmo tempo,
exaltados dentro da máquina burocrática do Estado Novo (1937-1945). Este artigo analisa o
papel dos técnicos na promoção de uma nova mentalidade pública no funcionalismo federal
neste período.


Palavras-chave


DASP. Estado Novo. Administração pública

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Revista Brasileira de História & Ciências Sociais - RBHCS

Qualis Capes B1 - A Nacional

ISSN 2175-3423

Desde 07 de março de 2009 

 

A Revista Brasileira de História & Ciências Sociais utiliza  Licença Creative Commons Attribution 4.0

Creative Commons License

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia